16
Set
postado em Looks

Os primeiros dias de Fashion Week em Londres foram marcados pelos tecidos transparentes. Sem apelar para o lado mais sexy, como de costume. As peças trouxeram outras propostas, algumas volumosas, diferentes e até exageradas. 

Usado da cabeça aos pés em vestidos estampados ou all White, o tecido mostrou as mais diversas proporções, caudas esvoaçantes, mix de estampas em vestidos e saias.  Alguns estilistas ainda mostraram looks com transparências estratégicas e mistura com tecidos esportivos, como o moletom.

11
Set
postado em Tips and Trips

Está marcada para outubro a inauguração da Fundação Louis Vuitton. 

O novo museu será dedicado à coleção de arte do grupo LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton e pretende incentivar a arte contemporânea e design, contando com obras dos séculos 20 e 21, na mesma vibe da Fundação Cartier e Fondazione Prada, além de espaços para apresentações culturais, instalações multimídia e congressos.

Localizado em Paris, são 126.000m² e 3.600 painéis de vidro que compõem as estruturas curvas do museu. O projeto arquitetônico é de Frank Gehry, que também é tema da 1ª exibição temporária que acontece por lá. Bernard Arnault, presidente do grupo LVMH, tem sido discreto quanto às obras que compõem a coleção permanente do museu, mas especula-se que há trabalhos de Pablo Picasso, Damien Hirst, Serra, Ugo Rondinone e Mark Rothko.

04
Set
postado em Dicas Lifestyle

A gente acredita que sedutor e abusar da feminilidade uma questão de confiança. É aquela história que insinuar é melhor que mostrar. E quando a gente se sente sedutora, o que pode ser insinuado, transparece naturalmente. Então hoje vamos dar ideias que feminilizam qualquer visual e são fáceis de usar todas as silhuetas.

 

CINTURA MARCADA

Só da cintura estar marcada, a ideia de feminice é reforçada. E pra marcar, não precisa ser só com cinto apertadinho. Uma modelagem mais próxima do corpo, com faixas, drapeados, um pedacinho da camisa por dentro da calça.

 

PERNAS DE FORA

Esse vale especialmente pro ambiente de trabalho – e vale até pro dresscode mais formal! E toda vez que a gente tá de pernas à mostra, somos alvo dos olhares do mundo ;) Por isso, vale cuidar das bonitas com carinho pra então desfilar com confiança: perna de fora pode sempre estar depilada, hidratada, lisinha. E aí o comprimento do vestido ou da saia pode ser direcionado pela formalidade da ocasião em que se usa.

 

DEDINHOS À MOSTRA

Os pezinhos à mostra são um super elemento sedutor-não-escancarado, já que fazem parte do nosso vestir-tropical com naturalidade. Pra deixar a feminilidade ainda mais clara, vale escolher tiras finas pras sandálias pra deixar maaaais pé à vista e esmaltes coloridinhos pra convidar o olhar pros dedinhos. :)

 

TECIDOS FLUIDOS/GOSTOSOS

Tudo que cai gostoso sobre o corpo, que desliza sobre a pele, que dá vontade de tocar… chama pra perto, né? A ideia é procurar por sedas-delícia, tricôs fininhos,  lenços que dancem na medida que a gente anda. Por que né, querer tocar é tão mais importante que ver!

 

02
Set
postado em Looks Dicas

As mesmas cores, tecidos, estampas agora compõem um look inteiro. Top + saia, Calça + bolsa, blusa + sapato. A tendência é essa.
Já pode pegar aquele conjuntinho que você estava guardando :)
Pois é, isso não é coisa da vovó nem uniforme de trabalho. Os combinados, ou conjuntinhos são hits no mundo fashion e já dominam as ruas do mundo.
Eles podem ser usados tanto para o dia quanto para a noite. Do escritório ao happy hour, passando pela reunião com as amigas e a celebração de aniversário. Versatilidade é a palavra!
As mais discretas podem abusar do lisos, com uma única cor, ou com estampas mais delicadinhas.

A história do "conjunto" é bem antiga, mas cheia de classe. Foi Coco Chanel quem trouxe o tecido tweed e o famoso casaco tweed, que usava combinando com uma saia reta. O que depois se tornou uma marca registrada da Chanel.

 

28
Ago
postado em Dicas Beleza


A gente sempre está preocupada com a nossa saúde e a nossa imagem. E ninguém deixa as unhas de fora dessa lista. Por isso, hoje trazemos soluções simples e práticas para desfilar unhas bem cuidadas e bem pintadas por aí ;)

Massageie as unhas
Faça pequenas sessões de massagens diárias, usando óleo de cravo-da-índia, ingrediente bom para amaciar as cutículas.


Alimente-se bem
Dê preferência a alimentos ricos em ferro e proteínas, como carne, leite e queijo, e vitamina A, presente no espinafre, na couve e na sardinha.


Modere o removedor
Use removedor de esmalte apenas uma vez por semana, para evitar que suas unhas fiquem ressecadas, frágeis e quebradiças.


Pela saúde das unhas
Retire o esmalte com removedores específicos, que contêm substâncias hidratantes e são melhores que a acetona.


Corte as unhas em formato oval
É o melhor para unhas fracas, porque quebra com menos facilidade.


Evite encravar
Para evitar que a unha encrave, não corte a beirada.


Não lixe depois do banho
Elas ficam mais sensíveis e podem quebrar com muita facilidade.


Lixe a superfície das unhas
Pelo menos uma vez por mês, lixe também a superfície das unhas, bem delicadamente e com a parte mais fina da lixa, para retirar as impurezas e as células mortas.


Use óleo para evitar ondulações
Para deixar a superfície das unhas sem aquelas ondulações ou descamações, passe um pouco de óleo secante ou óleo de cravo.


Sem manchas brancas
Acabe com as manchas brancas das unhas aplicando óleo de cravo diariamente nelas, até que os pontinhos manchados desapareçam por completo. Durante esse período, é melhor deixar o esmalte de lado.


Faça a unha respirar
Deixe o esmalte nas unhas por no máximo cinco dias, para evitar que elas fiquem fracas e sem vida.


Proteja com óleo
Pingue óleo secante para proteger as unhas. Depois, massageie uma por uma e lave-as em água corrente. Só depois é que você deve aplicar o esmalte

25
Ago
postado em Looks Dicas

Todos os dias a gente acorda e pensa o que vai vestir. Este é o momento que decidimos parte importante do nosso dia. A criatividade que a gente investe nessa hora é fundamental. Ela pode - e deve - ser geradora de felicidade, de orgulho e satisfação pessoal.

Lembre-se que você pode fazer sobreposições, pode usar roupar de calor no inverno, roupas de fim de semana no trabalho. Coordene cores. Invista em looks neutros e acessórios coloridões. Junte texturas.

A gente não pode ficar esperando a felicidade em apenas grande ocasiões ou eventos espetaculares. Somos super capazes, sim, de encontrar a felicidade em pequenos hábitos do nosso dia a dia.  Vestir é, também, arte, sentimento e muita alegria. 

    

   v

20
Ago
postado em Dicas Looks

Ano vai, ano vem, tem muita gente desfilando as listras por aí. Isso porque a estampa pode ser discreta ou super chamativa e certamente a agrada a todos os gostos.
O jeito mais fácil de acertar na composição é que as peças tenham uma cor em comum. 

    

Mas a gente sempre vê umas moças mais corajosas misturando duas ou mais estampas bem extravagantes, como florais, xadrez, ou animal print. Pra isso, você tem que olhar e encontrar a harmonia entre elas.

      

Usar listras e estampas é super fácil. É só levar em conta a modelagem da roupa, o tecido, e a  largura das listras (isso que cria uma ilusão de ótica dando proporções ao nosso corpo) e se sentir confortável e linda no look escolhido :)

      

13
Ago
postado em Beleza Dicas Looks

O cinto, que antes era uma peça masculina, caiu no gosto da mulherada e agora pe acessório presente e indispensável no guarda-roupa feminino.
Hoje o item não serve apenas para segurar roupas largas. Ele ajuda - e muito - na hora de montar looks casuais  sofisticados. São cintos em diversas espessuras e nas mais variadas textura e materiais. 
Além disso, um cinto ajuda um tantão pra gente desfilar uma produção bem feminina: é só usar ele na cintura, pra deixar marcadinha.


Um cintinho colorido num look mais sóbrio pode não chamar tanta atenção quanto um colarzão ou um lenço mega estampado - faz toda a diferença. Opção perfeita praqueles dias que a gente não quer "chegar chegando", mas também não quer passar despercebida.

O legal do cinto fininho, mas com alguma informação – pode ser uma cor que contrasta ou que coordena com o look, pode ser uma fivela legal, pode ser o jeito que se prende, pode até ser dois cintos fininhos usados juntos – é que ele dá acabamento e ainda permite que a gente use outros acessórios. 

Já os cintos mais largos funcionam melhor para as mais magrinhas, que querem acrescentar curvas e volume. Quando usados marcando a cintura, dão ilusão de seios maiores e corpo mais sinuoso. Quando usados “caídos” no quadril, aumentam visualmente essa região.

O que importa mesmo é se sentir o máximo com o look que está usando.

11
Ago
postado em

Não quer exagerar no doce mas está louca por um brigadeiro? Encontramos uma receitinha fácil e simples - e que você vão amar!

Os ingredientes são:
- 1 xícara e meia de leite
- 4 colheres de chocolate em pó (se preferir, sem açúcar)
- 2 colheres de sopa de manteiga
- 2 colheres de açúcar (ou adoçante)

Modo de preparo:
Aqueça o leite em fogo médio e acrescente o chocolate em pó. Mexa bem até dissolver. Acrescente o açúcar (ou adoçante) e a manteiga. Continue mexendo bem até que comece a engrossar - cerca de 15 minutos ou mais. Quando estiver quase no ponto, deixe o fogo baixo e mexa até que a calda fique grossa. Desligue e espere 10 minutos. Agora é só enrolar com chocolate granulado ou servir como achar mais gostoso!

 

06
Ago
postado em Dicas

Cardigan é o tipo de peça must have. Vai bem no verão, no inverno, em situações mais serias, mais despojadas e sempre mantém a elegância que a gente quer. É tanta versatilidade que dá vontade de ter de todas as cores, texturas, estampas e comprimentos.

Tem jeitos bem fáceis para deixar a cintura marcada. Os mais longos, que acompanham a silhueta até embaixo, facilitam super o uso de cintinhos sobre as peças – que podem dar lugar à lenços, faixas e correntes finas. Também dá pra  fechar os botõezinhos do meio do cardigan, chamando atenção pra parte mais fininha da silhueta.

O Cardigan pode ser usado como blusa! E nos dias friozinhos, dá pra  fazer sobreposição usando o cardigan por cima de uma camisa mais justinha ou de uma camiseta bem fininha ou dá pra usar por baixo de casacos, jaquetas e paletozinhos. Ou, melhor ainda (!), dá pra usar por cima da camisa E por baixo da jaqueta.

 

Postagens Anteriores