19
Mai
postado em Biamar

Antoni Gaudí, arquiteto, urbanista, escultor e pintor espanhol. Nasceu em 25 de junho de 1852, em Reus, litoral da Catalunha. De origem humilde, era filho de um caldeireiro. Em 1869, foi estudar arquitetura em Barcelona. Formado, recusou os princípios acadêmicos da arquitetura Neoclássica e usou livremente as formas e as técnicas das artes Bizantina, Muçulmana, Mudejar, Gótica e Barroca, criando um estilo eclético e pessoal. Teve especial interesse pelas formas da natureza – geologia, botânica, zoologia, anatomia. Com linguagem escultórica própria projetou edifícios com estruturas complexas e formas fantásticas. Algumas possuem um poder quase alucinatório.


No estilo Mudejar, mistura da arte muçulmana com a cristã, são exemplos a Casa Vicens, de 1878-80, o El Capricho, 1883-1886, a Propriedade e o Palácio de Güell, do final dos anos 1980. O mecenato do rico conde Güell lhe encomendou cinco diferentes projetos. No Parque Güell (1900 – 1914) afloraram suas preocupações urbanísticas audaciosas, concepção nova de espaço e uma imaginação delirante na decoração dos bancos, com técnica catalã do trendcadis que usa peças de cerâmicas quebradas para compor superfícies.


Recebeu influência do revivalismo da histórica arquitetura Gótica, inspirado pelo arquiteto francês Viollet-le-Duc, e projetou o Palácio Episcopal de Astorga (1887-1893) e a Casa de los Botines (1892-1894). No Gótico utilizou princípios de estilo e algumas de suas formas típicas, mas também inovou com seus arcos parabólicos catenários.


Sob a influência do Barroco projetou a Casa Calvet em Barcelona (1898-1904). Após os anos 1902, seus projetos deixaram de ser atribuídos a um estilo arquitetônico. A obra de Gaudí é geralmente classificada como fazendo parte do Modernismo catalão, da vertente Art-Nouveau, porém supera pela originalidade de suas concepções, rompendo regras e criando novas soluções, inclusive com curvas dinâmicas e decoração artesanal, ferro forjado, móveis que desenhava e vitrais. Atrações turísticas de Barcelona são as Casas Batlló (1904-1906) e Milà (1906-1912), conhecida como La Pedrera.


Politicamente, foi um fervoroso nacionalista catalão. Gaudí nunca se casou, a partir de 1910, devotou-se exclusivamente à religião e a obra da Sagrada Família, que assumira em 1883, já iniciada como igreja de feição Neogótica. É a obra onde seu temperamento visionário melhor se manifesta. Morreu aos 73 anos, atropelado por um bonde e foi sepultado na cripta da própria igreja, ainda inacabada. 

Por Arquiteto Oscar Décio Carneiro

11
Mai
postado em Biamar
Sensual, carregada de emoções, com um ritmo marcado por sentimentos profundos e, em especial, pela paixão. Assim a dança flamenca reflete em movimentos a identidade de uma nação, forte, aguerrida. As raízes dessa contagiante emoção, presente na cultura espanhola, está no sul da Espanha, na região de Andaluzia. Da expressão da alma, de um povo formado por várias culturas, veio o canto, a música e a dança - de características marcantes, unindo as diferentes civilizações que durante séculos passaram pela região. Árabes, judeus, hindus, castelhanos, bizantinos, mouros, gregos, fenícios, romanos e ciganos - povos de passagem - criaram a arte Flamenca. "Nasceu como uma forma de manifestação dos sentimentos desses povos, em reuniões familiares e entre amigos", conta Cadica Costa, professora e bailarina, que recentemente lançou no Brasil o livro: Baile Flamenco, Identidade Gaúcha.

O Flamenco está presente no cotidiano da Espanha, no estilo de vida das pessoas,  nas danças folclóricas, na culinária, na música, no canto, nas cores fortes, nos prédios, nos encontros das famílias, na preservação das tradições. "O Flamenco é uma filosofia de vida que influencia o dia a dia de muitos espanhóis", ressalta Cadica. Atualmente, a dança é um dos elementos mais fascinantes dessa cultura sua maior expressão e passou a ser uma arte universal, com o propósito de manter suas raízes, mesmo quando envolvida por influências de outras. "O corpo fala, e a linguagem dos movimentos por meio da dança expressa emoções tão intensas que ultrapassam barreiras, levando o corpo e a mente a uma sensação inigualável de bem-estar", relata no livro a bailarina.
 

O estilo passou por diversas fases. Em sua etapa mais primitiva, "rondo", conta a bailarina, estavam presentes emoções intensas de uma gente simples. Juntos aos "seus" revelavam, por meio do "cante" , da forte melodia da "guitarra", dos movimentos do "baile", a dor de uma geração sem pátria, sensível, que se reconstrói em uma nova cultura. Ao mesmo tempo expressavam uma "certa alegria" pela vida, pela sobrevivência, por estarem juntos. 

Com o intuito de conseguir um "lugar ao sol" adaptaram novos ritmos, mais alegres, e a arte chegou aos cafés cantantes, e os artistas passaram a ser remunerados. Nesta fase profissional o Flamenco sai do ambiente restrito das famílias, e a dança e o canto invadem os bares, os restaurantes, todos os recantos espanhóis. Incorporam novos elementos, por influências dos meio viajantes - marinheiros- que chegavam de Cuba e do Rio da Prata. Eram as milongas, as colombianas, as guajiras, os cantes de ida e vuelta. "Os mais antigos, os conservadores resistiam às influências", destaca Cadica. Não demorou muito para o Flamenco chegar aos palcos do teatro e surge a Ópera Flamenca. "É um momento de mudança e que se rompe o tradicional, dando abertura ao popular, proporcionando à dança novas possibilidades", explica. "O espanhol dança com muita naturalidade e sentimento".

Durante a sua pesquisa para a produção do livro Baile Flamenco, Identidade Gaúcha, a bailarina descobriu que a Espanha é o país que melhor organizou suas danças. Pela presença na cultura desde os mais remotos tempos, na Espanha a dança é ensinada nas escolas. Dança-se nas escolas públicas e particulares e há o reconhecido Balé Nacional da Espanha. Essa presença na cultura, na vida da população, leva à naturalidade dos movimentos e sentimentos impressos neles. Domínio, expressão e mistério próprios, estão incorporados aos passos, que provém da liberdade, da graça e da "necessidade de superação".
 

São quatro estilos diferentes: escola bolera ou clássica espanhola - onde há o estudo de castanhola, sapateado, braceiros típicos -, danças regionais ou folclóricas, dança flamenca e dança estilizada espanhola, que reúne os três primeiros estilos. Cada região da Espanha tem seu bailado de origem. A Sevillana é a dança mais popular do país. É dançada em pares e o uso das castanholas é opcional.

Na avaliação da bailarina, há uma grande diferença entre as danças executadas nos teatros e em outros cenários, e as interpretadas pelo povo nas festas tradicionais e de casamento. No entanto, é difícil identificar o tipo de dança e, tampouco, a região de origem, ainda mais quando os bailarinos estão sem os trajes típicos. São muitos elementos em comum, mas, em especial, os sentimentos de paixão e os movimentos sensuais.

A dança flamenca é uma das mais puras formas de expressão e possui uma imensa variedade de ritmos e diferentes estilos de bailes. A interpretação demonstra a alegria, tristeza, melancolia, ação, graça e arrogância. O bailarino dança com intensidade, sensualidade e domínio. O corpo expressa  harmonia e os movimentos se intercalam entre força e leveza. "É como se estivessem em outro nível de consciência", diz. "Dizemos: Tienes Duende - algo mágico que ultrapassa a técnica, que vai além da experiência adquirida", completa. 
 
08
Jan
postado em

Os esmaltes alaranjados são preferência absoluta nesta temporada e deve marcar presença nos principais destinos de férias. Mas não pense que o tom é o mesmo do ano passado. Agora, a cor está bem mais forte, mais puxada para o laranja.

O preto, branco seco, azul, lilás e amarelo pastel também entraram na lista dos preferidos.  O nude, que costumava ser mais usado nas estações frias, vai aparecer muito nas mãos mais atualizadas.

 

30
Dez
postado em Lifestyle

Como já é tradicional, no fim de cada ano, é hora de renovarmos as energias e ocuparmos nosso coração com sentimentos positivos, que atraiam bons pensamentos e grandes realizações :) Pensamentos e atitudes positivas, contribuem poderosamente para um novo ciclo, cheio de coisas boas. Com base nas dicas de José Roberto Marques, selecionamos algumas ideias muito importantes para 2015 ser um ano muito, mas muito bonito. Confira:

  • Celebre suas conquistas;
  • Liste seus aprendizados;
  • Perdoe-se por seus erros;
  • Perdoe os erros alheios com você;
  • Agradeça a todos que ajudaram você este ano;
  • Peça desculpa a quem magoou;
  • Mentalize suas próximas realizações;
  • Relembre seus momentos felizes;
  • Comemore suas superações;
  • Esteja junto das pessoas que você ama;
  • Diga a elas o quanto você as ama;
  • Orgulhe-se dos resultados construídos;
  • Descanse o seu corpo e sua mente;
  • Aproveite seu aqui e agora.

 

Mesmo que não consiga realizar todos os passos acima, faça o que for possível. A recompensa pela sua mudança de atitude pode ser gratidão, perdão, um abraço sincero, uma chance de renovação para suas relações, aumento do seu amor-próprio e uma nova oportunidade para que você enxergue com, respeito, orgulho e admiração :)

Busque ser o melhor que puder em 2015! 

09
Dez
postado em Apostas Beleza

Uma versão mais curta das saias godê, a skater tem este nome porque a ideia é poder ter movimentos livres. Elas ganharam força neste ano mesmo, encantam as jovens, e provavelmente serão a peça-chave deste verão.

O modelo tem uma pegada esportiva e geralmente é bem curtinha, por isso não é a peça indicada para ir a eventos formais, mas é ótima para baladas.

Os saltos são aliados para dar um up no visual e chamam bastante atenção. Mas os sapatos baixos também são bem-vindos, e dão um toque mais casual. Geralmente, o top é curtinho ou usado por dentro da saia, assim ela não some dentro do look ;)

 

 

 

 

27
Nov
postado em Dicas Lifestyle

Hoje é Dia Nacional de Combate ao Câncer. A data é um importante chamarisco para a conscientização do diagnóstico precoce de todos os tipos da doença. Assim, as chances de cura são bem maiores :)

Por isso, hoje listamos algumas considerações importantes sobre o assunto.

-  o câncer é uma doença que resulta da interação entre fatores ambientais e genéticos do indivíduo. Mas uma parcela muito pequena dos tumores malignos são considerados hereditários. A maioria dos casos está realmente relacionada à exposição à fatores ambientais  como tabagismo, hábitos alimentares, infecções e exposição solar.

- uma dieta adequada pode evitar a incidência da doença.  A relação entre a alimentação correta não se limita apenas ao pré-diagnóstico, mas também no pós. Certos tipos de dieta durante o tratamento também podem ajudar a mudar o curso do câncer.

- o uso exagerado de bebidas alcoólicas está relacionado ao câncer de cabeça, intestino, mama, pescoço e esôfago.

- Os tipos de câncer mais frequentes, segundo o Inca, no Brasil são o de pele do tipo não melanoma (182 mil novos casos), seguido pelos tumores de próstata (69 mil), mama feminina (57 mil) e pulmão (27 mil).

- Usar protetor solar é a principal forma de prevenir o câncer de pele?   A dermatologista Daniela Lemes, da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), afirma que a principal providência para evitar a doença é não se descuidar ao se expor ao sol. Por isso, é importante usar sempre o filtro solar. Um dos principais fatores que desencadeiam o câncer de pele é o quanto você se expôs ao sol até os 18 anos, fase em que o DNA está suscetível a transformações. Pessoas com históricos de queimaduras solares (com presença de bolhas e descamação da pele) têm grandes chances de desenvolver a doença, acarretada pelo efeito cumulativo do sol.

- Segundo o urologista Alex Meller, do Hospital Santa Paula, o câncer de próstata só dá sintomas quando está em um estágio avançado, por isso é importante realizar o check-up preventivo.

- O tabagismo é responsável por 90% dos casos de câncer no pulmão e 30% das mortes decorrentes de outros tipos de câncer, como boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, entre outros. Ou seja, quanto mais a pessoa fuma, mais riscos ela apresenta.

 

 

 

12
Nov
postado em Apostas

A Gloria Kalil, so Site Chic fez um balanço de algumas peças que são tendências para o inverno 2015, baseada nos desfiles do SPFW.
Segundo a consultora, temos boas novidades e maneiras diferentes de usar coisas que já usávamos há tempos atrás. Agora em versões mais brasileiras, peças como a saia midi, chegam mais sexys, com aberturas, franjas, fendas...

Confira abaixo a lista:

1. Saias mídi com fendas e aberturas

 


2. Tricôs maxi

 


3. Mantôs e capas

 

 
4.  Trench coats

 


5. Camisas brancas

 


6. Franjas

 


7. Costura cruzada

 


8. Couro

 


9. Vinil

 


10. Plissados

 


11. Metalizados

 

 

CORES

1. Verdes 

 

2. Bordôs e vermelhos

 


3. Marrons 

 


4. Preto

 

29
Out
postado em Dicas Lifestyle

Nem todo mundo tem a prática de ler diariamente. Alguns consideram entediante, outros não encontram tempo, mesmo que a gente ouça com frequência as histórias surpreendentes de leitores apaixonados.

Contudo, estabelecer o hábito da leitura pode trazer muitos benefícios para vida, tanto no mundo acadêmico quanto na carreira.

Hoje é dia do livro e por isso reunimos 10 motivos pelos quais você deveria ler todos os dias. Confira:

 

1. Estímulo mental

O cérebro necessita treinamento para se manter forte e saudável e a leitura é uma ótima maneira de estimular a mente e mantê-la ativa. Além disso, estudos mostram que os estímulos mentais desaceleram o progresso de doenças como demência e Alzheimer.

 

2. Redução do estresse

Quando você se insere em uma nova história diferente da sua, os níveis de estresse que você viveu no dia são diminuídos radicalmente. Uma história bem escrita pode transportá-lo para uma nova realidade, o que vai distraí-lo dos problemas do momento.

 

3. Aumento do conhecimento

Tudo o que você lê é enviado para o seu cérebro com uma etiqueta de “novas informações”. Mesmo que elas não pareçam tão essenciais para você agora, em algum momento elas podem ajudá-lo, como em uma entrevista de emprego ou mesmo durante um debate em sala de aula.

 

 4. Expansão de vocabulário

A leitura expõe você a novas palavras que inevitavelmente elas serão incluídas no seu vocabulário. Conhecer um número grande de palavras é importante porque permite que você seja mais articulado em seus discursos, de maneira que até mesmo a sua confiança será impulsionada.

 

 5. Desenvolvimento da memória

Quando você lê um livro (especialmente os grandes) precisa se lembrar de todos os personagens, seus pontos de vista, o contexto em que cada um está inserido e todos os desvios que a história sofreu. A boa notícia é que você pode utilizar isso a seu favor, fazendo dos livros um treino para a sua memória. Guardar essa quantidade de informações faz com que você esteja mais apto para se lembrar de eventos cotidianos.

 6. Habilidade de pensamento crítico

Já leu um livro que prometia um mistério confuso e acabou por desvendá-lo antes mesmo do meio da história? Isso mostra a sua agilidade de pensamento e suas habilidades de pensamento crítico. Esse tipo de talento também é desenvolvido por meio da leitura. Portanto, quanto mais você lê, mais aumenta sua habilidade de estabelecer conexões.

  

7. Aumento de foco e concentração

O mundo agitado de hoje faz com que sua atenção seja dividida em várias partes, de modo que manter-se concentrado em apenas uma tarefa torna-se um desafio. Contudo, livros com histórias envolventes são capazes de desligar você do mundo ao redor, fazendo com que sua atenção esteja inteiramente voltada para o que acontece na trama. Embora você não perceba, esse tipo de exercício ajuda você a se concentrar em outras ocasiões, como quando precisa finalizar um projeto urgente.

 

8. Habilidades de escrita

Esse tipo de habilidade anda lado a lado com a expansão do seu vocabulário. Assim como a leitura permite a você ser alguém mais articulado na fala, também vai ajuda-lo a colocar com mais clareza os seus pensamentos no papel. Isso vai dar a você a chance de produzir textos com mais qualidade, não apenas de vocabulário, como também correção gramatical e ideias mais ricas.

 

 9. Tranquilidade

O fato de envolver você em uma história e livrá-lo do estresse cotidiano faz do livro uma ótima ferramenta para alcançar a paz interior. Nos momentos de estresse, procure se distrair do que acontece com uma história que atrai seu interesse. Isso vai acalmá-lo e ajudá-lo a melhorar seu humor.

 

10. Entretenimento a baixo custo

Muitas pessoas acreditam que o conceito de diversão está diretamente ligado aos altos custos de uma viagem ou mesmo de uma festa. Contudo, se você encontrar um livro que chame a sua atenção, poderá viajar sem sair da sua casa. E se você acha que os preços cobrados por um livro também são abusivos, pode baixar aqui mais de 1.000 títulos gratuitamente.

23
Out
postado em Looks

Os óculos do momento são à la Lennon, diretamente dos anos 70.

Exisem opções com armações coloridas, mais descoladas, com um ar mais ladylike, que são perfeitos quando combinados com vestidos acinturados e tons pastel. Se preferir algo mais minimalista, escolha aqueles com armações pretas, simples, que funcionam com qualquer look! As armações vintage vêm com prints de tartaruga ou madrepérola e são facilmente encontradas em brechós.
O modelo redondo tem um jeito mais juvenil e descontraído, e geralmente é usado por pessoas mais ousadas :)
 
 
16
Out
postado em Looks

Usar saia longa nunca esteve tão em pauta. A peça é superfeminina e cai bem em muitos ambientes e momento. Nos dias que ainda não dá para colocar as pernocas de fora, ela protege a gente com muito estilo e classe.

Outra coisa super legal das saias longas é que elas são bem democráticas e todo mundo pode usar. A gente só precisa tomar cuidado com o comprimento: as mais altas podem usar ela arrastando no chão, enquanto as mais baixinhas podem deixar o peito do pé aparecendo :)

Para combinar é simples: o bom senso sempre impera e a gente acha importante você se sentir confortável.

 

 

         

 

 

Postagens Anteriores